ACENDE A LUZ – Irmão José

ACENDE A LUZ

Não escutes a voz que te fala em descrença.

Não ouças a palavra que destila azedume,

Nem registres o verbo que te induza ao desânimo.

Segue crendo no bem e na força do amor.

Defende o que for justo, sem concessão ao mal.

Entre as sombras do mundo, acende a tua luz.

Irmão José e Eurícledes Formiga (Poesias) (psic. Carlos Baccelli – do livro “Frutos da Mediunidade”)