ARREPENDER-TE-ÁS – Irmão José

ARREPENDER-TE-ÁS

Se Deus te conceder vida longa no corpo, mais tarde, fatalmente, arrepender-te-ás:

– das amizades que desfizeste por mal-entendido que, com um pouco mais de compreensão de tua parte, teria sido facilmente contornado;

– dos atritos familiares que sustentaste, apenas porque não quiseste ceder em teu orgulho pessoal;

– das atitudes de humilhação que impuseste aos teus subalternos, para que o teu amor-próprio não saísse arranhado de qualquer contenda;

– dos vícios e hábitos que não combateste, imaginando que te seria fácil largá-los quando quisesses;

– dos melindres que, tantas vezes, te permitiste, afastando-te do cumprimento do dever junto aos companheiros que não te acatavam as opiniões…

Arrepender-te-ás e, no entanto, talvez não mais disponhas de tempo para voltar atrás.

Irmão José (psic. Carlos Baccelli – do livro “Pai, Perdoa-lhes!”)