COMPAIXÃO – Irmão José

COMPAIXÃO

Antes de lançares qualquer libelo acusatório contra quem erra, reflete nas lágrimas maternas que são derramadas pelo filho que se entregou à criminalidade…

Considera as lutas do coração de uma avó que, sozinha e absolutamente sem recursos, tentou afastar o neto da influência nociva, à qual ele terminou sucumbindo…

Pensa na criança órfã que, sofrendo abusos de toda espécie, cresceu sob o estigma de terríveis traumas que haverão de repercutir em sua existência inteira…

Se Jesus não o fez, quem poderá atirar a primeira pedra contra alguém?

Deixa que a compaixão te inspire hoje, para que, amanhã, não padeças, através daqueles que mais amas, a injustiça no julgamento de quem não sabe quanto te esforçaste para incliná-los à dignidade e à honradez.

Irmão José (psic. Carlos Baccelli – do livro “Pai, Perdoa-lhes!”)