CONVÉM QUE TE PERGUNTES – Irmão José

CONVÉM QUE TE PERGUNTES

Se Jesus nos recomendou dar a César o que é de César e a Deus o que é de Deus;

Se se absteve de julgar a pobre irmã acusada de adultério;

Se, mesmo conhecendo as fragilidades de Pedro, não deixou de lhe pedir, por três vezes sucessivas, que apascentasse o seu rebanho;

Se Ele próprio fazia questão de se convidar para banquetear-se com as pessoas consideradas de má reputação;

Se, na hora torturante do Calvário, rogou ao Pai perdão pelos próprios algozes…

Convém que te perguntes com qual autoridade, tantas vezes, te arvoras em censor da vida alheia!

Irmão José (psic. Carlos Baccelli – do livro “Pai, Perdoa-lhes!”)