DERRUBAR BARREIRAS – Irmão José

Enquanto o homem não derrubar, em definitivo, as barreiras do orgulho e do egoísmo, o mundo sempre viverá em convulsão.

Enquanto ele não fizer cair por terra todos os preconceitos de ordem social, com os mais fortes oprimindo os mais fracos, as questões econômicas continuarão a mergulhar a sociedade em profundas crises.

Enquanto ele não se desapegar de vez de ultrapassadas tradições históricas e religiosas ligadas a uma raça específica, a guerra será uma constante ameaça à paz entre os povos.

Enquanto não tiver verdadeiro respeito pelo próximo e pela Natureza, colocando em prática, pelo menos, rudimentos do Amor que Jesus nos ensinou, ele prosseguirá sendo o seu maior e mais temível adversário.

Enquanto não lograr estabelecer um pacto com a sua consciência, procurando não ocasionar o menor prejuízo seja a quem for, o seu sono, povoado por medonhos pesadelos, jamais haverá de ser completamente tranquilo.

Enquanto, finalmente, fronteiras ideológicas persistirem na Terra, à semelhança de injustificados feudos que insistem em eternizar-se, os homens discutirão, buscando o melhor caminho de aproximação, uns dos outros, mas não o encontrarão.

Irmão José (psic. Carlos Baccelli – do livro “Ajuda-te e o Céu te Ajudará”)