HOMENAGEM A CHICO XAVIER – Eurícledes Formiga

HOMENAGEM A CHICO XAVIER

Meus irmãos, aqui estamos
Batendo palmas ao léu,
Por nosso Chico, na Terra,
Fazendo festa no Céu…
(Formiga)
*
São 90 Primaveras –
Quase um século de luz! –
De total devotamento
Ao Evangelho de Jesus.
(Cassimiro Cunha)
*
Pedro Leopoldo, Uberaba,
De resto todo o Brasil,
Cantando a uma só voz:
– Salve o dia 2 de abril!…
(Clóvis Amorim)
*
Fidelidade à Doutrina,
Exemplos em profusão,
Prodígios que a fé irmana
Aos ditames da razão.
(Jaks Aboab)
*
Trajetória abençoada
No caminho que se estreita,
Preparando à Humanidade
Tempos de farta colheita…
(Irthes Terezinha)
*
Arauto da Nova Era,
Contra a morte em dura lida,
Na tarefa de ser médium
Louvando a glória da Vida!
(Anália Franco)
*
Amor, bondade, alegria,
Perdão, humildade, calma –
Virtudes que lhe definem
A própria grandeza d’alma.
(Meimei)
*
Cisco de Deus que provém
Das Esferas Reluzentes
E pousou sobre este mundo
De provas tão inclementes…
(Auta de Souza)
*
Missão grandiosa e bela
Qual raramente se há visto,
Alma em completa renúncia
Nos passos de Jesus Cristo.
(Rubens Romanelli)
*
Querido Chico, receba,
Em nome do Eterno Bem,
Esta singela homenagem
Dos seus amigos do Além!…
(Formiga)
*
Irmão José e Eurícledes Formiga (Poesias) (psic. Carlos Baccelli – do livro “Frutos da Mediunidade”)