JESUS E O CIRINEU – Irmão José

JESUS E O CIRINEU

No episódio que envolve a figura de Simão, o Cireneu, que auxiliou Jesus a transportar a Cruz, temos significativo exemplo do que é humano sendo chamado a cooperar com o que é divino.

É claro que aquele homem não fora solicitado a complementar a coragem do Senhor, no testemunho derradeiro, mas, sim, a substituir-lhe os ombros macerados sob o pesado lenho.

Ao Mundo Espiritual, que te convoca a determinada tarefa, embora conhecendo tuas limitações espirituais para concretizá-la, basta o concurso de tuas mãos.

Não alegues, pois, em tua humanidade, excessiva imperfeição para fuga deliberada aos convites que te são formulados para colaborar com o Céu sobre a Terra.

Cede o teu corpo ao Senhor, e, por seu intermédio, Ele operará maravilhas.

Irmão José (psic. Carlos Baccelli – do livro “Pai, Perdoa-lhes!”)