MÃOS OPEROSAS – Irmão José

MÃOS OPEROSAS

Quem não se mostra ativo no bem é parceiro do mal que se propaga.

Quem não se esforça para amar é aliado dos que odeiam.

Quem não acende uma luz, ainda que diminuta, concorre para a expansão das trevas.

Quem não levanta a voz em defesa da Verdade compactua com a mentira.

Quem não se empenha em construir não se importa com a Vida em ruínas.

Quem não luta contra as próprias tendências inferiores é porque nelas se compraz.

Quando se trata do certo e do errado, não existem posições de neutralidade.

Se o Mal se contenta com os teus braços cruzados, o Bem reclama a tua operosa participação no ato de estender as mãos.

Irmão José (psic. Carlos Baccelli – do livro “Pai, Perdoa-lhes!”)