NADA E NINGUÉM – Irmão José

Aguardas pela Vida Espiritual, entretanto não raciocinas de que, embora na Terra, te encontras vivendo exclusivamente pelas faculdades do espírito.

O corpo de que te revestes presentemente não diferirá muito do que te revestirá, quando te advier a desencarnação.

A paisagem para a qual te transferirás, além da morte, guarda estreita semelhança com a que os teus olhos físicos vislumbram.

A rigor, a desencarnação não te subtrairá de ti mesmo e dos problemas a que não deste solução pelo teu esforço.

A Terra é tão-somente uma das múltiplas Dimensões Espirituais em que o espírito estagia, evolutindo de corpo em corpo, em busca da perfeição.

O que não consegues realizar onde te encontras será dificilmente realizado alhures, desde, é óbvio, que não te decidas a fazê-lo.

A chamada morte, em si, é acontecimento periférico que não te altera a substância do ser.

Embora o desenlace físico te possibilite muitas reflexões, se, efetivamente, desejas alguma mudança para melhor em tua vida, isto só acontecerá pela tua decisão de fazer o que nada e ninguém pode fazer por ti.

Irmão José (psic. Carlos Baccelli – do livro “De ânimo firme”)