POSSE – Irmão José

Aquilo de que abrimos mão é o que verdadeiramente nos pertence.

Quem se nega aos outros não tem a posse de si mesmo.

Jesus, sobre a Terra, não tinha uma pedra onde repousar a cabeça, no entanto tudo lhe pertencia.

A pessoa que se sacrifica em benefício de alguém é sempre a maior beneficiada.

O que tentamos reter conosco nos escapa por entre os dedos.

Nada engrandece mais uma pessoa do que a humildade.

Vejamos como, perante a Lei Divina, os valores dos homens se contradizem: “Quem quiser ser o maior, seja o servidor de todos”.

Preso à matéria, o espírito deve despojar-se dela para, cada vez mais livre, ascender aos Páramos da Luz.

O espírito corporificado na Terra é feito um pássaro se debatendo no visco que o impede de voar.

Dentro de cofres abarrotados, existem aqueles que trancam a própria alma, voluntariamente asfixiando-se ao peso de suas ambições.

A suprema doação é a suprema conquista do espírito.

Irmão José (psic. Carlos Baccelli – do livro “Lições da Vida”)