PRESUNÇÃO – Irmão José

Ninguém vislumbra a luz da Verdade, sem que a ela se habitue gradativamente.

O caminho não se revela, por inteiro, senão àquele que se dispõe a percorrê-lo, passo a passo.

A tarefa que empreendes, ao mesmo tempo, é a tarefa com que aprendes.

Somente depois de ensiná-la por muito tempo é que o professor percebe nuances diferentes da lição que se cansou de transmitir.

Por este motivo, é natural que, sobre determinado assunto, as tuas ideias se ampliem, com o passar do tempo.

À tua frente, sempre haverá novos horizontes a serem descortinados.

Evita, pois, a infeliz presunção de quem, por já se imaginar detentor de todas as respostas, não tem mais nenhuma pergunta a fazer, seja a quem for.

Irmão José (psic. Carlos Baccelli – do livro “Ajuda-te e o Céu te Ajudará”)