PREVINA-SE (André Luiz)

PREVINA-SE (André Luiz)
Equilibre sua justiça, subtraindo-lhe as inclinações para a vingança.
Acautele-se com o seu desassombro, para não cair em temeridade.
Analise sua firmeza, para que se não transforme em petrificação.
Ilumine suas diretrizes, a fim de que se não convertam em despotismo.
Examine sua habilidade, evitando-lhe a internação em velhacaria.
Estude sua dor para que não seja revolta.
Controle seus melindres, de modo que se não instalem na casa sinistra do ódio.
Vele por sua franqueza, a fim de que a sua palavra não destile veneno.
Vigie seu entusiasmo para que não constitua imponderação.
Cultive seu zelo nobre, mas não faça dele uma cartilha escura de violência.
Do livro: Agenda Cristã