PRODÍGIOS AO TEU ALCANCE – Irmão José

PRODÍGIOS AO TEU ALCANCE

Com certeza, ainda não podes, qual o Divino Mestre, transformar a água em vinho, todavia muitos outros prodígios jazem claramente ao teu alcance.

Nada há que te impeça, por exemplo, de enxugar as lágrimas no rosto de quem chora e transfigurar a tristeza em alegria.

Se quiseres, ainda hoje, podes vir a ser a esperança concretizada de uma mão amiga que soerga para a vida a quem se encontra no chão.

Tens o abençoado dom de resgatar à delinquência e conduzir ao banco escolar a criança que os próprios pais esqueceram.

Com o simples gesto de assinar o teu nome num documento, abrirás a porta do trabalho digno a quem, desde muito, se vê impedido de lutar pelo pão de cada dia.

São tantos e tantos os prodígios ao teu alcance, em tuas infinitas possibilidades no bem, que, onde estejas, é como se Deus estivesse operando por teu intermédio.

Irmão José (psic. Carlos Baccelli – do livro “Pai, Perdoa-lhes!”)