TESTEMUNHO – Irmão José

Todo testemunho é pessoal e intransferível.

No testemunho da fé, não existem plateias para o aplauso.

No instante decisivo da vitória sobre si, o homem estará sempre a sós com a própria consciência.

A solidão do Senhor no dia do Calvário é acontecimento que encerra as mais preciosas lições…

Se a manjedoura foi a porta de acesso ao mundo, o Calvário foi a porta de entrada para o Céu.

A cruz que o homem transporta aos ombros é o instrumento de sua elevação.

Ninguém ascenderá aos Páramos Superiores sem transfigurar em asas os braços de sua própria cruz.

O testemunho, por si só, é uma bênção a quem a ele seja convocado.

Os primeiros seguidores do Senhor regozijavam-se por terem sido considerados dignos de sofrer pelo seu Nome.

Quem foge ao testemunho necessitará de recomeçar o seu aprendizado espiritual pelas lições mais rudimentares.

À espera do Grande Testemunho perante Deus, não olvidemos os testemunhos menores a que somos chamados em contato com os semelhantes.

Irmão José (psic. Carlos Baccelli – do livro “Lições da Vida”)