TOLERÂNCIA ZERO – Irmão José

Suplica a Deus para que não te percas no caminho.

É muito fácil o esquecimento, parcial ou total, dos compromissos que te conduziram à presente romagem no corpo carnal.

Os atalhos que te nascem da estrada são inúmeros e demasiadamente convidativos.

Vozes aparentemente amigas poderão inclinar-te a outros interesses que não aqueles que te dizem respeito à verdadeira felicidade.

Ambições inferiores que tu já consideravas sepultadas reviverão e, talvez, venham a possuir-te novamente.

Não cedas um milímetro sequer em tuas determinações de ordem superior.

Evita flexibilizar-te em excesso em relação às conveniências sociais.

Se pretendes vencer a ti mesmo nas lutas para as quais renasceste no mundo, é preciso que adotes o lema da “tolerância zero” para as requisições com que o mundo continua a reclamar-te o espírito.

Irmão José (psic. Carlos Baccelli – do livro “Ajuda-te e o Céu te Ajudará”)