TRANSFERÊNCIA DE RESPONSABILIDADE -Irmão José

TRANSFERÊNCIA DE RESPONSABILIDADE
Alegando incompreensão alheia, não te justificarás em tuas decisões equivocadas.
Pretextando falta de solidariedade, não te desculparás pelo teu próprio comodismo.
Evocando limitações pessoais, não deixarás de arcar com as consequências das escolhas que efetuaste.
Porque sofreste tentações, não te isentarás de parte da culpa pelo que elas te induziram a fazer.
O fato de, alguma vez, teres padecido ingratidão não te endossará na atitude de indiferença de quase sempre.
Para o fardo que não quiseste ou não queres carregar, não cries mecanismos de transferência de responsabilidade para os ombros alheios.
Irmão José (psic. Carlos Baccelli – do livro “Pai, Perdoa-lhes!”)