TRIGO E PÃO – Eurícledes Formiga

Se procuras a vitória
E desejas ser feliz,
Não te afastes do caminho
Tendo o bem por diretriz.

*

Nunca reclames da prova
Que te visita constante,
Perdoando a quem te fere
Com a palavra invigilante.

*

Ora com mais confiança,
Serve com mais alegria,
Enfrentando com coragem
As lutas de cada dia.

*

Aprende a renunciar,
Cedendo em favor da paz,
E olvida qualquer ofensa
Que o tempo, aos poucos, desfaz.

*

Guarda silêncio e trabalha.
Lança a semente no chão…
Sem charrua e sem suor,
O trigo não vira pão!…

*

Irmão José e Eurícledes Formiga (Poesias) (psic. Carlos Baccelli – do livro “Frutos da Mediunidade”)