Mensagem do dia


CAPÍTULO 118 – É PARA ISTO – EMMANUEL

“Não retribuindo mal por mal, nem injúria por injúria; antes, pelo contrário, bendizendo; sabendo que para isto fostes chamados.” – (1ª Epístola de Pedro, 3:9.) A fileira dos que reclamam foi sempre numerosa em todas as tarefas do bem. No apostolado evangélico, reparamos, igualmente, essa regra geral. Muitos aprendizes, em obediência ao pernicioso hábito, preferem Leia mais… »

0 comments

CAPÍTULO 117 – EM FAMÍLIA – EMMANUEL

“Aprendam primeiro a exercer piedade para com a sua própria família e a recompensar seus pais, porque isto é bom e agradável diante de Deus.” – Paulo. (1ª Epístola a Timóteo, 5:4.) A luta em família é problema fundamental da redenção do homem na Terra. Como seremos benfeitores de cem ou mil pessoas, se ainda Leia mais… »

0 comments

CAPÍTULO 116 – OUÇAM-NOS – EMMANUEL

“Disse-lhe Abraão: Eles têm Moisés e os profetas; ouçam-nos”. – (Lucas, 16:29.) A resposta de Abraão ao rico da parábola ainda é ensinamento de todos os dias, no caminho comum. Inúmeras pessoas se aproximam das fontes de revelação espiritual, entretanto, não conseguem a libertação dos laços egoísticos de modo que vejam e ouçam, qual lhes Leia mais… »

0 comments

CAPÍTULO 115 – A PORTA – EMMANUEL

“Tornou, pois, Jesus a dizer-lhes: Em verdade vos digo que eu sou a porta das ovelhas.” – (João, 10:7.) Não basta alcançar as qualidades da ovelha, quanto à mansidão e ternura, para atingir o Reino Divino. É necessário que a ovelha reconheça a porta da redenção, com o discernimento imprescindível, e lhe guarde o rumo, Leia mais… »

0 comments

CAPÍTULO 114 – NOVOS ATENIENSES – EMMANUEL

“Mas quando ouviram falar da ressurreição dos mortos, uns escarneciam e outros diziam: acerca disso te ouviremos outra vez.” – (Atos, 17:32.) O contacto de Paulo com os atenienses, no Areópago, apresenta lição interessante aos discípulos novos. Enquanto o apóstolo comentava as suas impressões da cidade célebre, aguçando talvez a vaidade dos circunstantes, pelas referências Leia mais… »

0 comments

CAPÍTULO 113 – TUA FÉ – EMMANUEL

“E ele lhe disse: Tem bom ânimo, filha, a tua fé te salvou; vai em paz.” – (Lucas, 8:48.) É importante observar que o Divino Mestre, após o benefício dispensado, sempre se reporta ao prodígio da fé, patrimônio sublime daqueles que O procuram. Diversas vezes, ouvimo-lo na expressiva afirmação: – “A tua fé te salvou.” Leia mais… »

0 comments

CAPÍTULO 112 – TABERNÁCULOS ETERNOS – EMMANUEL

“Também vos digo: Granjeai amigos com as riquezas da injustiça, para que, quando estas vos faltarem, vos recebam eles nos tabernáculos eternos.” – Jesus. (Lucas, 16:9.) Um homem despercebido das obrigações espirituais julgará encontrar nesta passagem um ladrão inteligente comprando o favor de advogados venais, de modo a reintegrar-se nos títulos honrosos da convenção humana. Leia mais… »

0 comments

CAPÍTULO 111 – GRANJEAI AMIGOS – EMMANUEL

“Também vos digo: granjeai amigos com as riquezas da injustiça.” – Jesus. (Lucas, 16:9.) Se o homem conseguisse, desde a experiência humana, devassar o pretérito profundo, chegaria mais rapidamente à conclusão de que todas as possibilidades que o felicitam, em conhecimento e saúde, provêm da Bondade Divina e de que a maioria dos recursos materiais, Leia mais… »

0 comments

CAPÍTULO 110 – MAGNETISMO PESSOAL – EMMANUEL

“E toda a multidão procurava tocar-lhe, porque saía dele uma virtude que os curava a todos.” – (Lucas, 6:19.) Na atualidade, observamos toda uma plêiade de espiritualistas eminentes, espalhando conceitos relativos ao magnetismo pessoal, com tamanha estranheza, qual se estivéssemos perante verdadeira novidade do século 19. Tal serviço de investigação e divulgação dos poderes ocultos Leia mais… »

0 comments

CAPÍTULO 109 – TRÊS IMPERATIVOS – EMMANUEL

“E eu vos digo a vós: pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á.” – Jesus. (Lucas, 11:9.) Pedi, buscai, batei… Estes três imperativos da recomendação de Jesus não foram enunciados sem um sentido especial. No emaranhado de lutas e débitos da experiência terrestre, é imprescindível que o homem aprenda a pedir caminhos de Leia mais… »

0 comments

CAPÍTULO 108 – ORAÇÃO – EMMANUEL

“Perseverai em oração, velando nela com ação de graças.” – Paulo. (Colossenses, 4:2.) Muitos crentes estimariam movimentar a prece, qual se mobiliza uma vassoura ou um martelo. Exigem resultados imediatos, por desconhecerem qualquer esforço preparatório. Outros perseveram na oração, mantendo-se, todavia, angustiados e espantadiços. Desgastam-se e consomem valiosas energias nas aflições injustificáveis. Enxergam somente a Leia mais… »

0 comments

CAPÍTULO 106 – HÁ MUITA DIFERENÇA – EMMANUEL

“E disse Pedro: Não tenho prata nem ouro, mas o que tenho, isso te dou.” – (Atos, 3:6.) É justo recomendar muito cuidado aos que se interessam pelas vantagens da política humana, reportando-se a Jesus e tentando explicar, pelo Evangelho, certos absurdos em matéria de teorias sociais. Quase sempre, a lei humana se dirige ao Leia mais… »

0 comments

CAPÍTULO 105 – OBSERVAÇÃO PRIMORDIAL – EMMANUEL

“E Jesus respondeu-lhe: O primeiro de todos os mandamentos é: Ouve, ó Israel, o Senhor é nosso Deus, o Senhor é um só.” – (Marcos, 12:29.) Replicando ao escriba que o interpelou, com relação ao primeiro de todos os mandamentos, Jesus precede o artigo inicial do Decálogo de observação original que merece destacada. Antes de Leia mais… »

0 comments

CAPÍTULO 104 – DIREITO SAGRADO – EMMANUEL

“Porque a vós foi concedido, em relação ao Cristo, não somente crer nele, como também padecer por ele.” – Paulo. (Filipenses, 1:29.) Cooperar pessoalmente com os administradores humanos, em sentido direto, sempre constitui objeto da ambição dos servidores dessa ou daquela organização terrestre. Ato invariável de confiança, a partilha da responsabilidade, entre o superior que Leia mais… »

0 comments

CAPÍTULO 103 – CRUZ E DISCIPLINA – EMMANUEL

“E constrangeram um certo Simão Cireneu, pai de Alexandre e de Rufo, que por ali passava, vindo do campo, a que levasse a cruz. – (Marcos, 15:21.) Muitos estudiosos do Cristianismo combatem as recordações da cruz, alegando que as reminiscências do Calvário constituem indébita cultura de sofrimento. Asseveram negativa a lembrança do Mestre, nas horas Leia mais… »

0 comments

CAPÍTULO 102 – NÓS E CÉSAR – EMMANUEL

“E Jesus, respondendo, disse-lhes: Dai, pois, a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus.” – (Marcos, 12:17.) Em todo lugar do mundo, o homem encontrará sempre, de acordo com os seus próprios merecimentos, a figura de César, simbolizada no governo estatal. Maus homens, sem dúvida, produzirão maus estadistas. Leia mais… »

0 comments

CAPÍTULO 101 – RESISTE À TENTAÇÃO – EMMANUEL

“Bem-aventurado o homem que sofre a tentação.” – (Tiago, 1:12.) Enquanto nosso barco espiritual navega nas águas da inferioridade, não podemos aguardar isenção de ásperos conflitos interiores. Mormente na esfera carnal, toda vez que empreendemos a melhoria da alma, utilizando os trabalhos e obstáculos do mundo, devemos esperar a multiplicação das dificuldades que se nos Leia mais… »

0 comments

CAPÍTULO 100 – RENDAMOS GRAÇAS – EMMANUEL

“Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.” – Paulo. (1ª Epístola aos Tessalonicenses, 5:18.) A pedra segura. O espinho previne. O fel remedeia. O fogo refunde. O lixo fertiliza. O temporal purifica a atmosfera. O sofrimento redime. A enfermidade adverte. O sacrifício enriquece a vida. A Leia mais… »

0 comments

CAPÍTULO 99 – COM ARDENTE AMOR – EMMANUEL

“Mas, sobretudo, tende ardente caridade uns para com os outros.” – Pedro. (1ª Epístola de Pedro, 4:8.) Não basta a virtude apregoada em favor do estabelecimento do Reino Divino entre as criaturas. Problema excessivamente debatido – solução mais demorada… Ouçamos, individualmente, o aviso apostólico e enchamo-nos de ardente caridade, uns para com os outros. Bem Leia mais… »

0 comments

CAPÍTULO 98 – EVITA CONTENDER – EMMANUEL

“Ao servo do Senhor não convém contender.” – Paulo. (2ª Epístola a Timóteo, 2:24.) Foge aos que buscam demanda no serviço do Senhor. Não estão eles à procura de claridade divina para o coração. Apenas disputam louvor e destaque no terreno das considerações passageiras. Analisando as letras sagradas, não atraem recursos necessários à própria iluminação Leia mais… »

0 comments